A Fundação Millennium bcp é mecenas da Trienal de Arquitetura de Lisboa

Multiplicidade

Tau Tavengwa e Vyjayanthi Rao

A exposição Multiplicidade apresenta o trabalho de profissionais individuais, ateliers de arquitectura e organizações de todo o mundo que exploram a arquitectura numa multiplicidade de maneiras. Muitas vezes operando em difíceis condições ambientais, sociais e políticas, estes profissionais estão a testar os limites da prática arquitectónica. Ao fazê-lo, desafiam igualmente o conceito antiquado de arquitectura, ao mesmo tempo que a reclamam e redefinem como poderosa ferramenta na luta pela equidade e justiça ambiental, económica e social. Uma nova e ágil arquitectura focada nas instituições e na comunidade, e que espelha e aprende com as incertezas do nosso tempo, tem vindo a surgir deste processo. Esta exposição apresenta uma multiplicidade de exemplos.

Concurso Prémio Trienal de Lisboa Millennium bcp

De âmbito internacional, o Concurso Prémio Trienal de Lisboa Millennium bcp abriu uma chamada a propostas para enriquecer os temas abordados por Multiplicidade, Ciclos, Retroactivar e Visionárias, as quatro exposições de Terra.

Pela primeira vez, o prémio assume dois níveis de participação através de programas de mestrado e também de investigação. Pretende-se deste modo estimular a participação individual e colectiva para a produção de conhecimento em, para e sobre arquitectura.

A cerimónia dedicada à trilogia de Prémios Trienal de Lisboa Millennium bcp está marcada para sexta-feira, 30 de Setembro, às 18h00 no encantador cenário da sala da biblioteca da Academia das Ciências de Lisboa. Abrindo com a conferência de Marina Tabassum (Prémio CarreiraTrienal de Lisboa Millennium bcp), a cerimónia aberta ao público inclui ainda as apresentações do atelier vencedor do Prémio Début e da proposta vencedora do Concurso Universidades na categoria de investigação, introduzida por Ilka Ruby, arquitectura, curadora e co-fundadora da editora Ruby Press.

Ciclos

Pamela Prado e Pedro Ignacio Alonso

Como mecenas Exclusivo da CCB Garagem Sul, a Fundação Millennium bcp recebe, na 6.ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa, a exposição Ciclos que examina práticas arquitectónicas e artistas contemporâneos que refletem sobre o passado e o presente da construção, sobre a sua relação com a geopolítica do extrativismo e a sua revisão das noções de história e memória. Afastando-se de modelos lineares, Ciclos expõe o compromisso da arquitectura com o interminável processo de transformação, troca e redistribuição da matéria.