A ARTE É VIVA.
DIALOGA COM O MUNDO.
PROCURA DIFERENTES
FORMAS DE EXPRESSÃO.
ABRAÇA O NOVO.
EXPERIMENTA, INVENTA
E REINVENTA-SE.

PORQUE ESTA É A MARCA
QUE A ARTE DEIXA EM NÓS,
É ESTA A MARCA QUE QUEREMOS
DEIXAR NA ARTE.

COLEÇÃO MILLENNIUM BCP

NOVAS COLEÇÕES

A PARTIR DO SURREALISMO e (LAND)SCAPING NORMATIVE THINKING decorrem no mesmo espaço e tempo com diferentes razões de ser.

Mas há um objectivo conjunto nas duas exposições: deixar-nos entrar, por via surrealista, no inesgotável mundo da arte proposto por obras históricas num lugar partilhado com um artista que acabou de realizar as suas.

A PARTIR
DO
SURREALISMO

A PARTIR DO SURREALISMO

(LAND)SCAPING
NORMATIVE
THINKING

(LAND)SCAPING NORMATIVE THINKING

Período vigência da exposição – 26/09/2017 a 06/01/2018

Graça Morais

A Rainha Pacífica

1992

António Dacosta

Fonte de Sintra VIII

1982

Eduardo Luiz

Crucificação

1986

Cruzeiro Seixas

Balança

1993

Paula Rego

Sem Título

1988

António Dacosta

Sereia

1983

Paula Rego

A Noiva

1972

Carlos Calvet

Sem Título

1969

Graça Morais

Mapas e espírito da oliveira

1984

Cruzeiro Seixas

Consagração do instante

1974

Graça Morais

Cântico Triunfal

1992

Eduardo Luiz

Asteróides

1985